FacebooktweeteryoutubehistorypinSlideshare
Get flash player to play to this file
FACEBOOK
NEWSLETTER

Remover e-mail da newsleter:

DESTAQUES

O Papel dos Portos de Aveiro e da Figueira da Foz na Região Centro - José Ribau Esteves (1)

O Papel dos Portos de Aveiro e da Figueira da Foz na Região Centro - Nuno Pires (1)

Seminário Ibérico «Logística CENCYL» – Sessão de abertura (1)

De Aveiro a Cacia - Imagens aéreas

Conferência «E-80, Corredor Multimodal para a Europa» - Fragmentos (1)


METEO
Tempo Aveiro
LINKS

Figueira
Arquivo




FOTOS

 Retrovisor

Retrovisor
SLIDESHOW



POR LUÍS SOUSA
Sistemas de Informação… Sim, mas são as pessoas que fazem a diferença

É normal que as notícias que envolvem tecnologias de informação e comunicação raramente não se refiram essencialmente a aspetos intrínsecos aos mesmos. Compreensivelmente, na medida em que normalmente constituem o resultado de investigação e investimento de elevada monta e apresentam a atratividade da evolução tecnológica.

Quase por oposição é com muito menos frequência que se dá nota do resultado da articulação de uma organização com os seus sistemas de informação, em função das necessidades dos seus clientes ou utentes. O que também é compreensível uma vez que normalmente é um processo menos abrupto e portanto não possibilitar uma marcação temporal.

No entanto o sucesso dos sistemas de informação é totalmente dependente das pessoas tidas tanto individualmente como enquanto organização, e a Janela Única Portuária (JUP) é um exemplo completo desta correlação.

Por este motivo é de reter a notícia da remodelação e implementação de um novo posto de atendimento ao público na Capitania do Porto de Aveiro para emissão dos despachos de largada dos navios, responsabilidade desse Órgão Local da Autoridade Marítima Nacional e que é atualmente cumprida unicamente através da JUP.

Uma medida de carater marcadamente organizacional permitirá conjugar na certa proporção, a “frieza” de um sistema de informação altamente eficaz com um atendimento personalizado, potenciado a qualidade do serviço para um “todo” muito mais elevado que a soma das partes, com custos financeiros manifestamente limitados.

De salientar ainda que este foi um trabalho que envolveu as várias partes interessadas. Para além da Capitania do Porto de Aveiro, com o empenho pessoal do Capitão do Porto, do Porto de Aveiro e do seu Presidente do Conselho de Administração, também foi decisivo o envolvimento do Presidente da Associação de Agentes de Navegação do Norte de Portugal.

POR LUÍS SOUSA
 




Data: 2013-03-31

Artigos relacionados:


feed
mapa
Publicidade