Comunidade PortuŠria de Aveiro Site sa Comunidade PortuŠria de Aveiro√ćlhavo adere √† associa√ß√£o Rede de Munic√≠pios para as Adapta√ß√Ķes √†s Altera√ß√Ķes Clim√°ticashttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6947http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69472020-02-13A autarquia aprovou a adesão à entidade que agrupa os municípios com planos para as adaptações às alterações climáticas.

A Câmara Municipal de Ílhavo desenvolveu a sua Estratégia Municipal de Adaptação às Alterações Climáticas no âmbito do projeto “ClimAdaPT.Local”, permitindo à Autarquia definir um quadro estratégico de adaptação do Município, capacitar as estruturas municipais para abordagens eficazes às alterações climáticas e, envolvendo os diversos agentes locais, sensibilizar a comunidade para os desafios desta problemática atual.

]]>
Confer√™ncia ¬ęGeopol√≠tica e Gest√£o¬Ľhttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6948http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69482020-02-13A 20 de Fevereiro, o ISCIA, através do Centro Português de Geopolítica, promove uma conferência que será proferida pelo Prof. Doutor António Silva Ribeiro (Almirante) sob o tema: "Geopolítica e Gestão". A Conferência tem lugar no Auditório do ISCIA, com início às 18:30. A inscrição é GRATUITA mas obrigatória.

]]>
A grande dificuldade √© a extens√£o da √°rea sob responsabilidade da Pol√≠cia Mar√≠timahttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6945http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69452020-02-12O capitão do Porto de Aveiro afirma que a extensão da ria e a gestão de interesses contraditórios são elementos que dificultam a ação da capitania. Humberto Silva Rocha cumpre quatro meses de exercício em Aveiro.

Em entrevista à Terra Nova, No programa “Conversas”, explica que tem sentido colaboração dos agentes no terreno numa fase em que está ainda a descobrir todas as especificidades da laguna.

]]>
PRIO Supply continua na lideran√ßa das empresas do distritohttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6921http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69212020-01-10Segundo os resultados obtidos em 2018, a empresa que obteve um melhor desempenho no volume de negócios, no distrito de Aveiro, foi a PRIO Supply, S.A., que lidera, por isso, o "ranking" das 1.500 maiores empresas do distrito de Aveiro. Elencado segundo os resultados obtidos em 2018, continua a ser liderado pela PRIO Supply, S.A., sedeada no terminal de granéis líquidos do Porto de Aveiro, na Gafanha da Nazaré, concelho de Ílhavo.

]]>
Zona de Actividades Log√≠sticas e Industriais (ZALI) em destaquehttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6937http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69372020-01-272020 deverá ficar marcado no Porto de Aveiro pelo avanço da segunda fase da Zona de Atividades Logísticas e Industriais (ZALI), anunciou o Conselho de Administração da APA, S.A.

Os primeiros terrenos disponibilizados permitiram a instalação de Unidade de Produção de Estruturas Metálicas Offshore da AS Silva Matos.
O Porto de Aveiro tem uma área de cerca de 44,3 hectares disponíveis para empresas industriais. Os investimentos estratégicos para o período 2018-2022 estimam-se em 36,2 milhões de euros.

]]>
CNBB conquista lugares de p√≥dio em Matosinhoshttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6938http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69382020-01-27Realizou-se em Matosinhos a 1º Prova de apuramento regional Norte de vela na classe laser. Dois dias de vento e ondulação média proporcionaram um total de 5 regatas em frente à praia de Matosinhos. O CNBB participou com 5 atletas dos seus 6 de competição, nomeadamente 4 atletas em Laser 4.7 e um na classe radial.

]]>
A Import√Ęncia Estrat√©gica do Porto de Aveiro para o Desenvolvimento Regionalhttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6935http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69352020-01-27É nesta transversalidade que o Porto de Aveiro, cidade e região, se movem, procurando, desde a reabertura da barra em 1808 (após ter estado obstruída durante décadas) encontrar uma simbiose de interesses que convirjam para uma dinâmica diferenciadora no plano nacional e internacional.
 

]]>
Porto de Aveiro bate mais um recordhttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6936http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69362020-01-27O primeiro espaço CPA de 2020 dá destaque a um novo recorde no Porto de Aveiro. O navio mais comprido de sempre atravessou a barra no início de janeiro. O ‘Federal Montreal’, de 200 metros, veio do Canadá descarregar canola para a empresa Iberol.
O anterior máximo tinha sido estabelecido pelo navio Three Rivers, de 190 metros.

]]>
Requalifica√ß√£o do Navio-Museu Santo Andr√© adjudicada por 486 mil euroshttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6932http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69322020-01-27A Câmara Municipal de Ílhavo aprovou a adjudicação dos serviços de beneficiação e reparação do Navio-Museu Santo André, polo museológico do Museu Marítimo de Ílhavo, pelo valor de 485.500 euros.

A primeira fase da reabilitação do Navio-Museu, com um prazo de execução de 3 meses, tem como objectivo garantir a sua manutenção, requalificação e melhoria das condições de segurança para as visitas.

]]>
Movimento Maria apresentou-se ao capit√£o do Porto de Aveirohttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6933http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69332020-01-27A partilha de responsabilidades na gestão global da Ria de Aveiro foi um dos assuntos em foco na reunião do Movimento de Amigos da Ria de Aveiro com o Capitão do Porto, capitão de fragata Humberto da Silva Rocha.

Numa reunião solicitada pelo MARIA para apresentação cumprimentos ao novo responsável pela Capitania do Porto de Aveiro, foram elencadas algumas das preocupações do Movimento de Amigos da Ria, nomeadamente, aquelas que se referem à dispersão por diferentes entidades das responsabilidades de gestão do perímetro da laguna.

]]>
PRIO constr√≥i dois novos tanques e melhora processos http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6919http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69192020-01-09"Em 2018, para além do investimento na rede de postos, começámos dois investimentos particularmente relevantes, que terminarão em 2020. O primeiro será de quase 4 milhões de euros, na introdução de novos processos na fábrica de biodiesel, para aumentar a sua eficiência na produção de biocombustíveis avançados, nomeadamente os que são produzidos a partir de matérias-primas residuais, tais como os óleos alimentares usados. Acreditamos muito que a utilização destas matérias-primas para biocombustíveis ajudará a mitigar os efeitos dos resíduos no ambiente e, em simultâneo, permitirá uma redução mais rápida da emissão de gases com efeito de estufa".

]]>
Porto de Aveiro catalisador do crescimento e valoriza√ß√£o econ√≥mica da regi√£o de Aveirohttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6920http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69202020-01-10"Aveiro é um porto sem congestionamentos, com amplas áreas disponíveis para a instalação de unidades industriais com acesso à construção a cais marítimos privativos, bem como excelentes acessibilidades ferroviárias e rodoviárias aos portos secos e às plataformas logísticas do seu hinterland. Estes são fatores de competitividade únicos no panorama portuário nacional".

]]>
Fixados per√≠odos de defeso para lampreia e s√°vel na ria de Aveiro http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6918http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69182020-01-09O Governo estabeleceu as datas de restrição para captura, manutenção a bordo, descarga e primeira venda de lampreia e sável nas águas interiores não marítimas da ria de Aveiro.

Para este ano, de acordo com a publicação em DR, são fixados para a ria de Aveiro os seguintes períodos de defeso: 1 de maio a 31 de dezembro, para a pesca da lampreia, e 1 de janeiro a 9 de fevereiro e 11 de abril a 31 de dezembro, para a pesca do sável e savelha. Nestes períodos é interdita a captura, a manutenção a bordo, a descarga e a primeira venda das referidas espécies capturadas nas águas interiores não marítimas da ria de Aveiro.

]]>
Litoral aveirense na lista de investimentos de defesa da costahttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6916http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69162020-01-09O litoral aveirense vai contar com investimento na protecção da costa nos planos de investimento para 2020.

A Agência Portuguesa do Ambiente anuncia o investimento de cerca de 27 milhões de euros em 11 intervenções de proteção do litoral a realizar nas cinco regiões hidrográficas ao abrigo do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos.

]]>
¬ęTinita¬Ľ em destaquehttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6914http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69142019-12-21O espaço da Comunidade Portuária de Aveiro destaca nesta edição a actividade da Tinita, empresa de rebocadores que presta serviço no Porto de Aveiro.
Em fins de novembro, para além de reboques portuários, a empresa com sede em Viana do Castelo estreou uma carrinha guincho que passou a apoiar a amarração de navios.

]]>
¬ęCentralidade do bacalhau na identidade portuguesa √© um belo mist√©rio¬Ľhttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6910http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69102019-12-16Professor na Faculdade de Economia de Coimbra, Álvaro Garrido tem vários livros sobre a história do bacalhau. Diz que desde a Idade Média consumimos o fiel amigo, importado, mas que logo no início do século XVI andávamos na Terra Nova a pescá-lo, tradição que renasceu no século XIX e que o Estado Novo reforçou com a campanha do bacalhau.

]]>
Projecto Traseafood apresentado no ECOMAREhttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6909http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69092019-12-16O Ecomare recebeu o Seminário de apresentação de um projecto sobre Rastreabilidade da Origem Geográfica como uma 'Via de Valorização Inteligente dos Recursos Marinhos Endógenos'.

Evento realizado no Laboratório para a Inovação e Sustentabilidade dos Recursos Biológicos Marinhos da Universidade de Aveiro (ECOMARE), localizado junto às instalações da DocaPesca, no Porto de Aveiro, Gafanha da Nazaré.

]]>
Aveiro, um territ√≥rio de Riahttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6907http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69072019-12-02No início desta edição do espaço da CPA destacamos a empreitada de dragagem em curso em vários pontos da da Ria de Aveiro que está a permitir um ‘raio x’, a partir da cultura imaterial, da vivência das populações, desde a pré-história até aos dias de hoje”.
Tiago Fraga, arqueólogo responsável pela empresa contratada pela Polis Litoral Ria de Aveiro para acompanhar as obras, sublinhou a importância do “trabalho preventivo” em curso até maio próximo.

]]>
9.¬™ edi√ß√£o do Business2Seahttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6906http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69062019-12-02O Espaço da CPA dá um destaque especial ao Fórum do Mar. A Administração do Porto de Aveiro, em parceria com a a Comunidade Portuária de Aveiro, Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro e Universidade de Aveiro marcou presença, em stand conjunto, na 9ª edição do Business2Sea.

Além dos debates e da exposição, Fátima Lopes Alves, Presidente do Porto de Aveiro, destacou o trabalho do grupo envolvido no plano de acção para a estratégia do Atlântico impulsionado pela UE.

]]>
Exposi√ß√£o ¬ęTrava-L√≠nguas¬Ľ, de Jo√£o Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreirahttp://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=6903http://comunidadeportuariadeaveiro.pt/sartigo/index.php?x=69032019-11-30A ideia desta exposição surge como resultado de uma residência artística que os autores, João Pedro Vale e Nuno Alexandre Ferreira, fizeram nas Lofoten, Noruega, no âmbito da Lofoten International Art Festival.

Nessa residência, contactaram com os tungeskjaererne (cortadores de línguas), crianças que a partir dos 5 anos começam a cortar a língua ao bacalhau. Para além do lucro imediato com a venda das línguas, este processo permite-lhes iniciarem o contacto com a pesca e o meio marítimo.

]]>